Provavelmente você já deve ter ouvido falar nesta expressão e a grande verdade é que muita gente tem ou já teve um veículo alienado. Mas o que exatamente significa isso?

Este termo, ao pé da letra, é utilizado para classificar automóveis que estão em garantia de uma instituição financeira, banco ou concessionária. Resumidamente, podemos dizer que ele representa a garantia da organização que cedeu o crédito para o comprador do veículo. Não entendeu? Fique tranquilo, vamos explicar.

Quando compramos um veículo, seja carro, van, moto ou caminhão, mesmo sendo o método mais recomendável, quase nunca pagamos a vista, também pelos valores exorbitantes do mercado brasileiro. Então, vide também nossa necessidade, optamos por fazer um financiamento o que acontece, na maioria das vezes, em modelo de Alienação Fiduciária.

Um contrato por meio de Alienação Fiduciária significa que o comprador adquire o bem por meio de crédito junto à instituição financeira. Contudo, este acordo garante que a instituição tome o bem como a própria garantia do financiamento, caso o mesmo não seja quitado.

Analisando friamente, podemos dizer que esta condição é justa para o banco porque, caso o cliente não consiga Quitar o Financiamento, o banco pode resgatar o veículo para abater o prejuízo causado pela operação mal sucedida. O grande problema neste caso é que os mesmos bancos e instituições financeiras usam diversas artimanhas, muitas vezes ilegais, para fazer com que o cliente não consiga Quitar o Financiamento e, assim, tomar a posse do veículo de forma definitiva.

Mas como isso acontece? As ferramentas mais utilizadas nessas operações são a inclusão de cobranças adicionais como Tarifas Excessivas e valores de Juros Abusivos.

Em relação às tarifas inclusas no contrato, as financeiras costumam incluir Taxas Irregulares (que não são permitidas pelo órgão controlador, o Banco Central) que muitas vezes são até criadas na hora da assinatura do contrato. Quanto aos Juros Abusivos, os bancos são livres para incluir os valores de juros que melhor entenderem nas operações de financiamento. Contudo, existe uma média praticada no mercado e, qualquer valor muito acima desta média, é caracterizado como cobrança de Juros Abusivos, que o torna irregular.

O que fazer para não perder o seu veículo alienado

O melhor a se fazer nestes casos é solicitar a ajuda de especialistas em financiamentos nessa modalidade e matemática financeira. Desse jeito você consegue ter um melhor parecer técnico da sua situação e saber como proceder.

Na American você encontra profissionais peritos em análise e revisão de contratos de financiamentos de veículos que analisarão minuciosamente cada cláusula do acordo para identificar se há ou não a cobrança de valores indevidos como Taxas Irregulares, Tarifas Excessivas e Juros Abusivos. Além disso, caso seja devidamente identificado, será feita a exclusão e compensação desses valores em forma de desconto no valor vigente, para que você consiga assim Quitar o Financiamento pelo menor valor, com condições especiais de pagamento e em parcelas que caibam em seu bolso.

Portanto, não perca mais tempo! Acesse agora mesmo nosso site oficial clicando aqui e descubra como a American pode te ajudar a se livrar desta incomoda dívida. Se preferir, entre em contato pelo nosso Whatsapp clicando aqui, estamos sempre a postos para te ajudar da melhor maneira possível.

 

Por: Pedro Victor